quarta-feira, 28 de novembro de 2007

Visitante nº 1000

Caríssimos botafoguenses. Ah, claro: e demais.

Está chegando a hora!

O visitante nº 1000 do blogue do VQ ganhará um presente muito especial da Rede Jovem Valenciana.

Para isso, deixe um comentário com seu nome e e e-mail, para que possamos entrar em contato e entregar o prêmio.

OBS.: esta promoção é exclusiva para pessoais normais, ou seja, não-membros da Rede Jovem. Brincadeira.

Tenho absoluta certeza de que o(a) vencedor(a) será um(a) torcedor(a) deste grande time alvinegro-glorioso.

E ninguém segura o nosso blogue, assim como não conseguirão impedir os títulos em 2008 do time que está entre os 12 melhores do século!

Drogas: diga não!

Nesta semana tomei uma decisão muito importante na minha vida: resolvi abandonar as drogas. Liguei pro serviço de atendimento e cancelei a minha assinatura do jornal O Globo.






Foi uma decisão muito difícil, tenho que confessar que me habituei acordar pela manhã e ter aquele panfleto debaixo da minha porta. Mas, o que me levou a tomar tal decisão foi, além do entorpecimento diário por informações tendenciosas, o tratamento que o jornal anda dando ao processo de Reformas Constitucionais que acontece nas vizinhas Bolívia e Venezuela.

É muito escroto um país que tendo uma potencialidade imensa como o nosso ainda não tenha resolvido 10% dos seus problemas; onde os poderosos não vão presos; onde a desigualdade mata milhares de pessoas, onde a corrupção graceja; onde as diferenças são estigmatizadas; onde o leite é adulterado e onde as meninas são presas e estupradas... Mas, mais escroto ainda é querer dar palpite na vida do vizinho quando nosso quintal tá todo emporcalhado.

E é isso que a inteligentzia nacional faz: arrota indignação contra as reformas que aqueles índios lá dos Andes querem fazer nas suas vidas. E o estandarte-mor desta ignomínia é a grande imprensa brasileira – personificação histriônica da imbecibilidade nacional.

Darcy Ribeiro, na sua grande obra, nos presenteia com uma concepção de Povo Brasileiro que há muito me fascina. Fruto de uma simbiose entre o ameríndio nativo, o europeu ibérico e os africanos escravos, nossa ontologia ficou marcada por uma saudável mistura e à nossa gente estaria reservado um virtuoso e destacado papel ao romper da modernidade.

Acontece que a grande mídia, a comunicação hegemônica, está destruindo esta visão idílica que Darcy nos deixou de herança. Parece que o consumo contínuo das informações manipuladas entupiu as nossas idéias, como um THC ideológico que se aloja no cérebro e nos torna subservientes e abobados. Taí a “produção cultural” da Rede Globo que não nos deixa mentir; parece que a única “cultura” que temos, nos 8,5 milhões de km2 de Brasil é aquela que se desenrola na zona sul carioca

Deixemos a Venezuela em paz! Deixemos o índio Morales numa boa! Os caras tão tentando mudar uma história de 500 anos de dominação e opressão, com instituições viciadas e massacrantes. E, em nenhum momento a sua população está de fora do processo; pelo contrário, todas as modificações constituintes passarão por referendos e plebiscitos.

Quero ver as Organizações Globos e outros jornalões fazerem a mea culpa sobre o atraso histórico que legaram ao ethos nacional. Quero ver a mídia ir além de apontar as nossas cagadas, mas sim denunciar o motivo da nossa dor de barriga. Apontar o que tá errado é fácil, o difícil é denunciar a razão. E uma coisa eu tenho certeza: a culpa é do sistema que escolhemos! Então, se outro mundo é possível, deixe o coronel perguntar ao seu povo se é isto que eles querem, catzo! E viva Bolívar!

segunda-feira, 26 de novembro de 2007

TVE em Valença

Botafoguenses (aprendemos a sofrer, mas a honra e prazer de torcer por esse time supera tudo) e torcedores de timecos que chorarão por fazer feio na Libertadores em 2008.


O assunto da TVE (TV Educativa - rede pública de televisão) é um assunto recorrente nos debates da Rede Jovem. Porém, nunca corremos atrás pra valer sobre os motivos que fazem com que este excelente canal fique fora do espectro televisivo valenciano.

Gostaria muito de saber os verdadeiros motivos da TVE não mais passar em nosso município. E mais, proponho aqui fazermos uma investigação coletiva, incluindo aí todos aqueles que acessam este blogue, para produzirmos uma boa matéria para a publicação Valença em Questão e, ainda, um movimento pró-TVE em Valença.

Vou começar: pelo que ouvi, a TVE não pega mais porque o espectro está ocupado por outros canais, como Rede Vida e Canção Nova (ambos ligados à Igreja Católica Apostólica Romana). Não tenho informação concreta e, por isto, não afirmo nada. Apenas dou uma agulhada.

E vamos que vamos, porque ninguém será capaz de segurar a campanha pela TVE em Valença em 2008, assim como também será impossível conter o carrossel alvinegro e seus títulos ano que vem.

sexta-feira, 23 de novembro de 2007

Dá-lhe Vitão!

Apesar de não ser botafoguense, o cara também é da Rede Jovem e nos representará muito bem!

O Diretório Central dos Estudantes da FAA promove, neste fim de semana, no Campus I, evento multidisciplinar em comemoração aos 40 anos da Instituição.

No dia 22, às 20h e 30min, acontece o Fórum Acadêmico de Políticas Públicas para a Juventude. No dia 23, a programação começa às 14h, com Palestra sobre Gestão em Saúde, com o Dr. Rodrigo Silva. As 19h, uma mesa redonda discutirá a “Criminalização dos redutos espaciais afro-descendentes”, com a participação do Prof. Sidney Pereira da Silva, Diretor do CESVA; de Vitor Monteiro de Castro, Jornalista do Núcleo de Comunicação do Observatório de Favelas e do Deputado Estadual Marcelo Freixo, Coordenador da ONG Justiça Global.

No sábado, dia 24, às 9h, haverá apresentação de Capoeira e mutirão de doação de sangue. À noite, o show com o cantor Leoni, no Clube Coroados, encerra o evento.

quinta-feira, 22 de novembro de 2007

Última Flor do Fáscio

Em entrevista publicada na penúltima edição da Caros Amigos, o jornalista Paulo Henrique Amorim referiu-se à revista Veja como a "Última Flor do Fáscio". Em resposta, um leitor da Caros Amigos fez a seguinte paródia à poesia "A ùltima Flor do Lácio" de Olavo Bilac.

Última flor do Fáscio, estulta e banguela ,
que a qualquer um se entrega por dinheiro,
que se oferece lasciva ao estrangeiro,
duma mídia ruim és a pior mazela.
VEJA pela verdade nunca zela,
seus leitores empulha o tempo inteiro,
num estilo crapuloso,
bem rasteiro contra o que é certo está de sentinela.
Um tal Mainardi, que é seu colunista,
do Paulo Francis malfeita paródia,
não consegue esconder que é fascistae outros defeitos,
de uma enorme lista.
Que se o interne, num hospício, em vil custódia,
para sempre longe de nossa vista.

Pedro Ney S. Pereira, Recife – PE


Leia a seguir o original, "Última Flor do Lácio", de Olavo Bilac:

Última flor do Lácio, inculta e bela,
És, a um tempo, esplendor e sepultura:
Ouro nativo, que na ganga impura
A bruta mina entre os cascalhos vela...
Amo-te assim, desconhecida e obscura,
Tuba de alto clangor, lira singela,
Que tens o trom e o silvo da procela
E o arrolo da saudade e da ternura!
Amo o teu viço agreste e o teu aroma
De virgens selvas e de oceano largo!
Amo-te, ó rude e doloroso idioma,
Em que da voz materna ouvi: "meu filho!"
E em que Camões chorou, no exílio amargo,
O gênio sem ventura e o amor sem brilho!

quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Vestibular FAA

Estão abertas as inscrições para o Processo Seletivo 2008 da FAA.

As vagas são para os cursos de Medicina Veterinária, Odontologia, Ciências Econômicas, Direito, História, Letras, Matemática, Pedagogia e Informática.

As inscrições vão até 30 de novembro pelo site www.faa.edu.br e a prova será realizada no dia 2 de dezembro de 2007, das 9h às 13h, no Campus I da FAA.

Outra forma de ingresso é através de aproveitamento de resultados do ENEM 2005, 2006 e 2007.

O Vestibular para o curso de Medicina será no dia 8 de janeiro, pela Fundação Cesgranrio. As inscrições já estão abertas.

Outras informações pelo site www.faa.edu.br ou pelo tel (24) 2453-1888.

terça-feira, 20 de novembro de 2007

Salve a mulatada brasileira, Salve! Salve!

"Dia da Consciência Negra" retrata disputa pela memória histórica
Preservar a memória é uma das formas de construir a história. É pela disputa dessa memória, dessa história, que se comemora no dia 20 de novembro, o "Dia Nacional da Consciência Negra". Nessa data, em 1695, foi assassinado Zumbi, um dos últimos líderes do Quilombo dos Palmares, que se transformou em um grande ícone da resistência negra ao escravismo e da luta pela liberdade. Para o historiador Flávio Gomes, do Departamento de História da Universidade Federal do Rio de Janeiro, a escolha do 20 de novembro foi muito mais do que uma simples oposição ao 13 de maio: "os movimentos sociais escolheram essa data para mostrar o quanto o país está marcado por diferenças e discriminações raciais. Foi também uma luta pela visibilidade do problema. Isso não é pouca coisa, pois o tema do racismo sempre foi negado, dentro e fora do Brasil. Como se não existisse".

Para a socióloga Antonia Garcia, doutoranda do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional da Universidade Federal do Rio de Janeiro, é importante que se conquiste o "Dia Nacional da Consciência Negra" "como o dia nacional de todos os brasileiros e brasileiras que lutam por uma sociedade de fato democrática, igualitária, unindo toda a classe trabalhadora num projeto de nação que contemple a diversidade engendrada no nosso processo histórico".


E para celebrar essa data em Valença, haverá uma exposição de fotos no Pavilhão Leoni e uma palestra nesse dia 20/11/07.


http://www.comciencia.br/reportagens/negros/03.shtml

segunda-feira, 19 de novembro de 2007

"O verdadeiro revolucionário é movido por grandes sentimentos de amor." Che Guevara

sábado, 17 de novembro de 2007

Nossa candidata

Carlinha, de Valença/RJ, é forte candidata a ganhar o prêmio máximo de 1 milhão de reais em barras de ouro que valem mais do que dinheiro!

quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Debates em Valença

Botafoguenses e outros que apenas assistirão as conquistas alvinegro-gloriosas em 2008,

O que acham da Rede Jovem Valenciana, juntamente com seus parceiros, realizar debates públicos com os candidatos à PMV e à Câmara de Vereadores?

Caso concordem, como achariam que poderia acontecer? Quantas vezes? Qual(is) o(s) local(is)?



Particularmente, acharia muito bom ver os candidatos debaterem e apresentar suas idéias e projetos, sempre com as perguntas e observações feitas pela sociedade ali representada.

OBS.: Apesar do nosso ídolo ter ido embora, ninguém irá calar o amor da imensa torcida pelo time das maiores glórias do futebol brasileiro. Saudações alvinegras e que venham os títulos.

segunda-feira, 12 de novembro de 2007

"BONITO É QUEM FAZ BONITO, RAPÁ!"

Quem assistiu ao Programa Roda Viva, com Doutor Alegria Patch Adams, teve uma experiência magnífica, uma verdadeira aula sobre como levar uma vida alegre e correta num mundo que cada dia mais se afunda na lama e na crocodilagem. Embora a grande maioria do povo valenciano não receba o sinal da TVE/RJ – por motivos escrotos que nós estamos carecas de saber (eu mais do que vcs!) – ainda assim vale ressaltar o revigorante relato que o médico norte americano nos deu naquela noite de segunda-feira (5/11/07).

Hunter “Patch” Adams até os 40 anos foi um porra-louca sem precedentes (e o é até hoje!), que de repente resolve se internar num hospital psiquiátrico, onde descobriu que queria ser médico. Dois anos depois estava estudando na Virginia Medical University e, embora seu rendimento acadêmico fosse excelente, quase é expulso da faculdade por suas posições “pouco ortodoxas” em relação à Medicina. Tendo como princípios “Alegria, Humor, Amor, Cooperatividade e Criatividade”, ainda em sua época de faculdade iniciou um projeto para tratar os pacientes de forma mais humana, sem os preceitos de “distância profissional” instituído, sendo ele o exemplo vivo de que uma relação mais próxima com o paciente é capaz de fazer a diferença, e que o papel do médico não é simplesmente evitar a morte e sim proporcionar uma melhor qualidade de vida ao paciente, tratando a maior das doenças: a indiferença.



Mas o que mais me atraiu na entrevista foi quando perguntado se sua aparência (ele tem mais de 70 anos, cabelo e bigodes compridos, usa um garfo pendurado numa orelha e se veste e comporta como um pinel) não assustava àqueles menos afeitos à sua heterodoxia. O Doutor Alegria respondeu: “não me julgue pela minha aparência e nem pelas minhas roupas, me visto assim justamente para chamar a atenção para aquilo que faço. Julgue-me pelo meu proceder... Bonito é aquele que faz bonito!”.

Como a proposta do VQ desse mês é debater a FAA, que tem feito feio em algumas situações (fechamento de cursos, baixa avaliação, perda de professores...), é justo que lutemos para devolver beleza e excelência ao nosso único centro universitário. É lógico que eu não estou desmerecendo o trabalho daqueles profissionais que ainda lutam para soerguer a FAA, e nem tenho a pretensão de apresentar uma panacéia, mas uma certeza eu tenho: a FAA só vai se tornar autônoma e sustentável novamente se a sociedade se sentir parte dela e parar de vê-la com indiferença e descomprometimento.

E como chegar a isto? Bom, se eu falar em “democratizar o acesso à universidade”, muita gente vai dizer “lá vem ele com o discurso caduco da esquerda – maldito comunista!” Então vou abordar a mesma coisa, mas por ótica diferente: será que a maioria da sociedade valenciana tem condições de pagar por uma faculdade a média R$ 500,00 mensais, durante quatro ou mais anos? É lógico também que a FAA não tem como resolver este problema social sozinha, mas há de se pensar, em estreita parceria com os poderes públicos, uma solução para lá, num momento em que todos os municípios vizinhos têm hoje algum centro universitário.

Poderia falar também sobre o notório problema do aparelhamento político e carreirismo que alguns cavaram na FAA; mas, daí viriam àqueles de novo falar: “- não disse, olhe a influência trotskista da IV Internacional no sectarismo deste escriba comedor de criancinha!”. Então, vou amaciar: será que se permitir à comunidade acadêmica (professores, funcionários e alunos) escolher diretamente os gestores e diretores das unidades, estes representantes não teriam mais compromisso com todos e menos com os poucos que se aproveitam daquela Instituição? O povo só vai achar a FAA “bonita” se ela fizer bonito em relação ao interesse coletivo e não ao enriquecimento e ao privilégio de alguns.



Mas, muita coisa já tem sido feita. Recentemente, os estudantes organizados reergueram a sua entidade central (DCE) e outros diretórios ainda resistem (DALUJA) ao modelo de sociedade do “pensamento único”. Os professores que lá trabalham – em sua grande maioria – também cumprem seus deveres com dignidade e não se furtam ao papel crítico que a atual situação da Fundação nos cobra.

E quanto aos dirigentes e agentes políticos? Estes deveriam ter mais coragem e propor soluções de fato eficientes. Não devemos ter medo de ousar: se a FAA dá prejuízo, que se ponha a Instituição à venda para um centro universitário de maior competência (agora eu embolei a cabeça dos meus detratores classistas, hein?) – A Universidade de Vassouras está logo ali do lado, crescendo que é uma beleza!

Mas bonito mesmo seria se iniciássemos uma campanha em toda Valença para comprarmos a FAA e entregá-la ao seu povo. Já pensaram? Uma campanha de arrecadação (já nos tiram tanto em impostos mesmo!) e depois de conseguido o dinheiro, a gente tornava a FAA uma Universidade Pública! Olha que beleza! Pois é, bonito é quem faz bonito.




* PS: Atualmente, Patch Adams toca a Fundação que criou e que já atendeu de graça mais de 15.000 pessoas sem seguro, nem recursos formais nos EUA, e hoje em dia possui uma lista de cerca de 1.000 médicos que se ofereceram a largar seus consultórios e se juntar à causa de Patch.

link para sua entrevista para a revista Veja(cusp!): http://www.copatch.com/internas/veja.html

quinta-feira, 8 de novembro de 2007

Manifestação de universitários contra Chávez deixam 52 feridos e 35 detidos


Estudantes foram às ruas para rejeitar a violação da autonomia universitária.


Um protesto de estudantes universitários contra o presidente venezuelano, Hugo Chávez, deixou 52 feridos e 35 detidos nesta segunda-feira (5) na cidade de San Cristóbal, informou o canal de notícias Globovisión.
O líder estudantil Yon Goicoechea informou por telefone que mais de 35 estudantes da Universidade de Táchira estão presos no comando local da polícia.
Em meio aos protestos contra a reforma constitucional promovida por Chávez, os estudantes foram às ruas para rejeitar a violação da autonomia universitária, após a repressão policial dentro da Universidade de Táchira.
Segundo Goicoechea, pelo menos 20 estudantes ficaram feridos com tiros de escopeta e golpes de cassetete.
O movimento estudantil confirmou hoje que fará uma passeata nesta quarta-feira até a sede do Supremo Tribunal de Justiça, em Caracas, para exigir o adiamento do referendo sobre a reforma constitucional, previsto para 2 de dezembro.

fonte: G1

terça-feira, 6 de novembro de 2007

Sonho Real - GOG

Clipe "Sonho Real" do poeta GoG:


video


"A ocupação começou em maio de 2004 em uma área que estava abandonada há anos (Goiânia-GO) e rapidamente agregou cerca de 3 mil famílias. Em setembro, a justiça ordenou a reintegração de posse da área, prorrogada por motivos eleitoreiros até janeiro de 2005. Desde então:

Um Governador que prometeu e não cumpriu
A Justiça que decretou o despejo
Um Prefeito que poderia desapropriar e não o fez
A Polícia que foi lá e efetivou a ação".

ÉPOCA "manipula" imagem para tornar Chávez ameaçador.

O Blog "Faz Caber" (http://fazcaber.globolog.com.br) é especializado em analisar a editoria de arte da "grande" imprensa brasileira.






Olha o comentário do próprio editor de arte desta revista-panfleto sobre a capa de semana passada:


"Para fazer a capa desta semana foi feita uma pesquisa de imagem muito específica. O presidente da Venezuela Hugo Chávez teria que estar com cara ameaçadora. Foi muito difícil, ele tem uma cara gorda e simpática, não dá medo em ninguém. A imagem que mais chegou próximo do objetivo foi a que ele está de boina vermelha olhando para o lado esquerdo. Para deixar a imagem ainda mais forte, o nosso ilustrador Nilson Cardoso fez um trabalho de manipulação na imagem original, até chegar a este resultado final.
O que acham? Façam seus comentários

Marcos Marques - diretor de arte"

Lucro do Itaú em 9 meses supera lucro anual de qualquer banco no Brasil

da Folha Online

Segundo levantamento da consultoria Economática, o lucro do Itaú em nove meses de 2007, de R$ 6,444 bilhões, já supera o lucro anual (em 12 meses) de qualquer banco brasileiro de capital aberto nos últimos 20 anos. Os números do Itaú foram divulgados nesta terça-feira pela instituição.

O maior lucro anual pertencia ao Banco do Brasil, que em 2006 somou, de janeiro a dezembro, R$ 6,224 bilhões --valor ajustado pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) até setembro de 2007.

O lucro de R$ 6,444 bilhões divulgado pelo Itaú significa um crescimento de 112,7% em relação ao resultado obtido no mesmo período de 2006, de R$ 3,029 bilhões. No terceiro trimestre, o lucro do banco ficou em R$ 2,428 bilhões, uma expansão de 14,8% em relação ao segundo trimestre deste ano, quando o lucro foi de R$ 2,115 bilhões.

Até agora, os três maiores bancos que já publicaram seus números dos nove meses de 2007 (Itaú, Bradesco e Santander) já ultrapassam o lucro anual de 2006.

O Bradesco teve lucro de R$ 5,817 bilhões em 2007, ante R$ 5,205 bilhões (janeiro a dezembro de 2006 ajustado pelo IPCA). O Santander anotou R$ 1,309 bilhões nos nove meses de 2007 contra R$ 828 milhões.

O Bradesco é o segundo maior banco por ativos entre os bancos de capital aberto da América Latina e o maior entre bancos privados do continente --o Banco do Brasil atualmente se encontra na liderança geral entre as instituições no país. O Itaú, por sua vez, segundo a Economática, é o quarto maior banco de capital aberto da América Latina, atrás ainda do Santander BR/ABN Brasil.

segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Cadê a rapeize?

Tem um pessoal aí que ainda não mostrou a cara.... Nem vou dizer que são LARA (que criou um outro blog e num apareceu mais), Clementina (que só aceitou o convite), Letícia (idem), Luiz Fernando Júnior (idem), Breno Slade (idem) e o guerreiro estadunidense do Kansas Comanche (que é mais novo, e ainda está no prazo).

Vamos lá, quero saber quem são vocês... (para ler, selecione a mensagem)

Isso porque, se vocês não escrevem, também podem ter a leitura dificultada

Fã Clube Rebeldes

Botafoguenses e/ou fãs de RBD,

No dia 27/10 estivemos presentes no aniversário de um ano do FC RBD, que aconteceu no Roge Gut´s.

Aos membros, desejamos muitas alegrias e que continuem colaborando conosco.

Segue a foto de parte do grupo.



Só um lembrete: apesar de tudo, ninguém calará meu imenso amor pelo Botafogo de Futebol e Regatas.

Semana de Filosofia da FAA

Botafoguenses (empate com América/RN foi demais!) e outros desesperados,

Segue abaixo a programação da Semana de Filosofia da FAA, organizada pelo Faz+Daluja.

Vale a pena conferir. Um grande abraço.

05/11- Oficinas
Redação Academica- Profª Denise Correa
Piscicomotricidade"Pintura com as mãos"- Profº Carlos Alberto Bessa
Auto-estima- Prfª Marilia Reis
Aula Passeio - Produçao de Texto-Ana Maria Reis (Jornalista - Mestre em Historia)
As Relações Interpessoais no processo educativo- Prfª Aldjane Prata
Origami- Matemática I -Profº Rafael Vassalo

06/11- Oficinas
Cidades Digitais Profª Tânia
O Jogo como estrategia de ensino"- ProfºFrancisco Lacerda
Tecnicas de correção de texto - Profº Marcelo Andrade
Origami - Matematica II- Profº Rafael Vassalo
Oficina pedagogica- Profº Rogerio da Silva Djader
Disciplina e limites na educação - Profº Solonge Silva Ferreira

08/11-Oficina com os Professores Paulo Henrique Duque e Olimpia Maria dos Santos " Caminhos provocativos na leitura do texto" - Das 14:00 as 18:00hs

Programação noturna - 07/11 a 09/11/2007 - Comemoração aos 150 anos de Valença - " Valença em Imagens e palavras".

07/11- Abertura as 19:00hs - Comunidade Afro- Apresentação dos tabuleiros africanos-
Apresentação de videos de Valença
Palestra com Profº Sidney Pereira da Silva "As relações sócio parentais entre os escravos de Valença no seculo XIX".
Apresentação da Escola de Samba Mangueirinha
Apresentação de dança Afro
Degustação dos tabuleiros afro
Mesa debate com: Alcides Pereira da Silva( Mestre Cid), André Luis ( Mestre Leleco), Professora Jania ( Preta), Gustavo (Pizal), Professor Fabinho, Mestre Aylton( BUIÚ), Contra Mestre Antonio Carlos( Soró) e Mestre Carlinhos.

08/11 Abertura as 19:00hs com o Coral da Terceira Idade - Maestro Antonio Carlos
Apresentação de videos de Valença
Palestra com Profº Nelio Freire 40 anos de FAA- "Preparando o cinquentenario"
Palestra com Profº Rabib Floriano- "A influecia Sirio- Libanesa em Valença"
Palestra com Ana Maria Reis - "Lugares de memória da imigraçao Italiana em Valença".

09/11- Abertura com a Banda de Tambores da FAA AS 19:00hs
Apresentação de videos de Valença
Palestra com Profº Raimundo Cesar de Oliveira Mattos-" A importancia da docomentação histórica no processo de construção da memoria coletiva".
Encerramento: Show com a Banda Ariete.

Do dia 07/11 a 09/11- Também estará aberto ao público as seguintes exposições:
Artista Plástica Aparecida Santos - Valença- "Paisagens Urbanas"
Trabalhos de líderes do movimento Negro e da Pastoral Afro Valença
Exposição de periódicos que remetem a Historia de Valença
Livros do Profº Rogerio Djader -
35 painéis - Escarvidão em Valença no sec.XIX;
A importancia da estrutura cafeeira na formação do Municipio- Material cedido pela Secretaria de Cultura de Rio das Flores.
Bannes com imagens do municipio ilustrados com textos elaborados pleo 4º periodo de Historia- FAFIVA- FAA.

quinta-feira, 1 de novembro de 2007

Visitante 200

O visitante número 200 ganhará uma cerveja paga por mim.

Deixe aqui o seu nome e, se for macho, pegue a mesma com o Roberto na Casa da Manteiga.

Caso seja fêmea, entre em contato e combinamos.

Saudações alvinegras e parabéns a todos pelo blogue!

Projetos 2008

Botafoguenses e torcedores que não conhecem a glória,

Em 2008 a Rede Jovem voltará com seus projetos, além da publicação Valença em Questão, deste blogue e do Orkut.

Começaremos as reuniões internas do grupo para discutirmos o calendário mínimo de ações.

Porém, já adianto um projeto a vocês: o festival popular que realizamos nos meses de julho, denominado, até hoje, de Festival de Inverno de Valença. Digo assim porque provavelmente este nome mudará.

Apesar de ainda não termos nada no papel, é muito interessante e importante a colaboração de vocês.



Proponho um início: qual o melhor período para a realização deste festival? Já há uma prévia discussão para que ocorra no mês de maio, a fim de contar com uma participação dos universitários.

Agora é com vocês. O que poderia entrar na programação? Qual(is) o(s) local(is)? Quantos dias? Como fazer com que toda sociedade se envolva neste processo?

Contamos muito com vossas participações. A partir de janeiro, apresentaremos nosso projeto mínimo à sociedade para que a discussão se espalhe pelo município.

Um grande abraço a todos e, ano que vem, Carioca, Copa do Brasil, Brasileiro e Sul-Americana terão dono: o glorioso alvinegro Botafogo.