terça-feira, 15 de janeiro de 2008

Imprensa que eu Gamo

Segue o samba do Imprensa que eu gamo. O bloco dos jornalistas sai domingo (20), às16h, no Mercadinho São José, Laranjeiras, no Rio de Janeiro

Na tropa do Imprensa ninguém pede pra sair

Compositores: Batalhão de Foliões Especiais (Bofe): Capitão Nascimento, aspiras 01, 02, 03... 022, 024, 069 e 171, mendigos da Cinelândia e Cícero do Capela

(Me acode!)

Me acode São Sebastião

Que este bofe anda muito truculento

Hoje eu faço procissão

É Zé Pereira no lugar do Nascimento

Esse negócio de apertar o "zero um"

Virou um vício, deu manchete de jornal

Mas hoje a minha tropa é de bebum

E o Imprensa anuncia o carnaval


Refrão (2 x)

Minha cidade ainda é maravilhosa

Tá cheio de avião, relaxa e goza

(Meu capitão)

.

Meu capitão é um “vaiado”

E o Chavito não quer mais ficar calado

Ô, seu Renan, pára de papo

171 a gente manda paro o saco

Sacudiram minha Mangueira

E o leitinho já saiu adulterado

Mas na Playboy apareceu uma leiteira

E me disseram que ela veio do Senado

Refrão (2x)

Imprensa que eu gamo, a caveira é uma flor

Aspira meu cangote... amor

Um comentário:

Capilo disse...

Pra variar, fui o 2000. Mas já lanço aqui. O 3000 ganha ingresso pa festa de aniversário do VQ, dia 20 de abril.