sábado, 19 de dezembro de 2009

Eleições 2010 - Análise Livre.

Dois fatos: pesquisa nova e "renúncia" de Aécio (PSDB)




Saiu mais uma pesquisa pra presidente na mídia nacional. Mas o caro eleitor não deve ter inocência: ela não quer dizer nada, pois, além de pesquisa ser um retrato do momento, os institutos, a começar pelo Ibope, estão sobre sérias suspeição nos últimos tempos. Assim como aqui na cidade-feudo, as pesquisas nacionais também são todas "encomendadas". Quem não lembra de um ex-prefeito de Valença que costumava soltar pesquisas em papeluxos apócrifos com dados surreais? Aí veio a eleição e ele créu. Lá na superestrutura do executivo também é assim.

Hoje, segundo as pesquisas, o presidente eleito seria o Serra, mas, duvido que o PSDB convença as massas com esse discurso e essa cara de vampiro. Tive um professor meu na faculdade, emérito cientista político de nome Rubem Barboza, que dizia, na brincadeira, que "o Brasil nunca vai eleger um presidente careca" e olha que o prof. rubinho era filiado ao PSDB! Concordo com ele, não na forma, mas no conteúdo. Os tucanos não exalam nenhuma confiança, pelo contrário, flatulam odores no mínimo mal cheirosos, haja vista que são aliados de primeira hora dos DEMos de Arruda e dos mensaleiros de Brasília.

Outro fato novo é a "renúncia" (que de renúncia não tem nada) da candidatura Aécio Neves a presidente. Nunca vi alguem divulgar uma carta de renúncia que contem um plano de governo! Aécio, como bom mineiro, sabe que "politica é igual nuvem, vc olha ela tá de um jeito, vc olha de novo tá de outro." Pensando assim, resolveu encurralar Serra, na tentativa de fritá-lo perante a opinião pública, pra ver se a candidatura caí no colo dele.
.
Mas, para o conservadorismo ortodoxo de tucanos e demos ganhar essa parada, vai ser muito difícil. Não tenho dúvida que o PT nestes 8 anos de governo montou a maior máquina empresarial-corporativa da história política brasileira, só estão fora dessa barca as empresas de mídia; e com a assunsão de Lula, o Magnífico, ao trono do imaginário popular, é bem provavél que ele eleja qualquer "poste" pra presidente do Brasil. Provável, mas não certo, pois a ungida pelo imperador apresenta sérias dificuldades carismáticas.
.
Depois da eleição de Obama nos EUA, o PT e aliados vão usar e abusar do politicamente correto, e já até contrataram o marqueteiro do Obama pra campanha. Mas, quem falou pra eles que o Brasil é um país politicamento correto? A Dilma vai até ganhar, mas justo por ser uma mulher emancipada vai ser uma "mala" pesada pro Lula carregar neste Brasil arcaico e patriarcal que, infelizmente, ainda somos.
.
Não duvido muito se um desses mauricinhos qualquer - do campo aliado de Lula (Oi Ciro!) ou até mesmo do conservadorismo engomado (Oi Aécio!) for candidato, eles não endureçam a parada. A Marina Silva não conta, é tipo o Botafogo: todo mundo tem como segundo time, mas não ganha de ninguém!
.
A única coisa que eu sinto é que, com a finitude iminente de grande parte, ou da totalidade - dos recursos naturais, as contradições e batalhas pela sobrevivência e conforto vão se ampliar e o abismo estamental da sociedade vai ficar cada vez mais profundo. Espero estar equivocado, mas ao assistir no Congresso Nacional PT e PCdoB votarem junto com a bancada ruralista pela permissão do aumento da exploração das florestas por empresas internacionais, e ainda ver o debate interditado sobre o aumento dos índices de produtividade do latifúndio brasileiro, eu, que gostaria de estar enganado neste sentimento, não consigo acreditar no contrário. Lamentável!@@@@@


Um comentário:

João disse...

Pois é Samir, disse muito bem ao falar que estão fora desta "sociedade partidária LTDA" a mídia, pois já estou ancioso pra ver o qual será o posionamento da rede Grobo, que só apóis aquele que ela tem CERTEZA que vai ganhar. Aguardemos!