quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Professor baleado pela PM de Sergio Cabral volta à sala de aula

Relato do Professor Ciro (foto),
baleado pela PM quando defendia nosso Plano de Carreira


"Hoje expirou minha licença médica. Voltei para sala de aula. Os alunos continuam os mesmos; brincam e riem de tudo. Os profissionais de educação me saúdam e seguem para seus afazeres diários. O Governo continua insensível ao que está acontecendo nas salas de aula, não há estímulo ao conhecimento, à investigação permanente, ao saber.... Estamos sendo tratados como bois para o curral.

Tudo muito metódico e repetitivo, muitas teorias e conchavos políticos. Enquanto isso, os alunos contam os dias para irem ao baile funk se esbaldar com as "xuxucas"ou "Os Ousados" nos finais de semana e verem a vida de forma reducionista, endeusando a luxúria e o sexo. Outros adolescentes, menos hedonistas, contam os dias para ouvirem uma repreensão em um templo religioso e sentirem-se culpados ao término, podendo assim, tornarem-se mas brandos e domesticados.

Tenho liberdade de escrever a vontade sobre meus alunos, pois descobri que, quase todos, não tem hábito de leituras. Esse ócio cultural vêm das primeiras séries e no Ensino Médio, é difícil reverter. Nós, educadores, estamos nos empenhando com vários projetos para estimulá-los a leitura mas parece que falta alguma peça chave nesse processo. Descobri que, por mais que queiramos levantar a auto-estima do corpo discente, não lograremos êxito com governos corruptos e insanos.

Jorge Picciani, presidente da Assembléia Legislativa manda jogar bombas em educadores; Sergio Cabral chama motoristas de vans de vagabundos; Eduardo Paes manda derrubar as casas dos mais pobres, alegando ser área de preservação ambiental, porém, mantém erguida as casas dos mais ricos; Lula vive uma fase de encantamento com o seu "Eu". Parece que o mundo gira em torno dele. "Nunca antes houve algo assim..." diz ele. Seu filme, já se sabe, teve 4 financiamentos ocultos. Empresas que não querem aparecer como patrocinadoras do filme-biografia do Lula.
Bom, melhor parar por aqui. Volto para sala de aula e continuo blogando. Abraços e obrigado por ter lido até aqui".

Retirado do Blog Abala Mas Não Imobiliza

2 comentários:

Anônimo disse...

ola, no colegio do est, em angra colegio roberto montenegro alunos colocarao veneno na agua do professor, o professor ficou internado e deu parte na delg, mas ate agora nao se tomou providencia.

Alexandre Leal disse...

Olá companheiro letrado. Minha esposa foi tbm vítima de uma agressão da mãe de um aluno, e como é de praxe...nada aconteceu com a Mulher. A Educação está um caos e a política...esta ganha votos e muitas cifras.abraços