terça-feira, 20 de novembro de 2007

Salve a mulatada brasileira, Salve! Salve!

"Dia da Consciência Negra" retrata disputa pela memória histórica
Preservar a memória é uma das formas de construir a história. É pela disputa dessa memória, dessa história, que se comemora no dia 20 de novembro, o "Dia Nacional da Consciência Negra". Nessa data, em 1695, foi assassinado Zumbi, um dos últimos líderes do Quilombo dos Palmares, que se transformou em um grande ícone da resistência negra ao escravismo e da luta pela liberdade. Para o historiador Flávio Gomes, do Departamento de História da Universidade Federal do Rio de Janeiro, a escolha do 20 de novembro foi muito mais do que uma simples oposição ao 13 de maio: "os movimentos sociais escolheram essa data para mostrar o quanto o país está marcado por diferenças e discriminações raciais. Foi também uma luta pela visibilidade do problema. Isso não é pouca coisa, pois o tema do racismo sempre foi negado, dentro e fora do Brasil. Como se não existisse".

Para a socióloga Antonia Garcia, doutoranda do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional da Universidade Federal do Rio de Janeiro, é importante que se conquiste o "Dia Nacional da Consciência Negra" "como o dia nacional de todos os brasileiros e brasileiras que lutam por uma sociedade de fato democrática, igualitária, unindo toda a classe trabalhadora num projeto de nação que contemple a diversidade engendrada no nosso processo histórico".


E para celebrar essa data em Valença, haverá uma exposição de fotos no Pavilhão Leoni e uma palestra nesse dia 20/11/07.


http://www.comciencia.br/reportagens/negros/03.shtml

7 comentários:

Letícia disse...

Queria mais informações sobre esta paletra para botar uma nota no VQ. Quem vai fazer, qual o título, etc. Alguém pode mandar? Valeu.

semeando a discordia disse...

o camarada fala de consciencia negra e coloca o titulo "mulatada".Sera q td q lembra os negros tem q ser ligado a mulata? Achei o titulo infeliz. tao qnt o botafogo do bebeto!

Comanche disse...

Salve simpatia!

O titulo "Salve a mulatada brasileira!" Foi uma referencia a musica de Martinho da Vila, e também interpretada pelo Zeca Baleiro.

Como você deve saber meu querido “semeando a discórdia”, mulato é a mistura da raça negra com a branca. E a intenção em momento nenhum é denegrir a imagem do negro, mas sim mostrar que no Brasil não existe mais nenhuma raça pura, assim como no mundo inteiro, somos todos “mulatos”.

Comanche disse...

Segue abaixo a letra da musica:

Salve a mulatada brasileira

Composição: Martinho da Vila

Ô Vanina
Vanina bonita, bonita Vanina
Gente boa, gente fina
Vanina, queres saber
Vou te dizer
Minha bisavó era purinha bem limpinha
De Angola
O meu bisavô também purinho, bem limpinho
De Moçambique
Eu não sou branquinho, nem pretinho
A minha dona é moreninha
Eu tenho muitos mulatinhos
Salve! Salve!
Salve a mulatada brasileira!
Salve a mulatada brasileira, salve! salve!
Salve a mulatada brasileira!
José do Patrocínio
Aleijadinho
Machado de Assis que também era mulatinho
Salve a mulatada brasileira!
Salve a mulatada brasileira, salve! salve!
Salve a mulatada brasileira!
Je ne sais pas parle français
I don`t speak english even
Se é portunhol, se é criole ou Tupi
Aí ninguém entende nada
Eu só não entendo gente brigando
Se odiando depois do amor
É tão estranho, Vanina
Esse pavor que a vida traz
Gente com medo de Jesus e adorando o Satanás
Se o amor é lindo
A flor é bela
E a natureza sempre sorrindo
Vivo no mundo pra aprender
E nada sei pra ensinar
Só o que eu sei
Que eu sei fazer
É te querer, te sublimar
E te deixar em paz
Vanina linda, vanina linda
Lisboa linda
E a Porto infinda
Luanda é linda, ô Vanina, ô Vanina
Também Cabinda
E lá Dili, timor Leste
Serás bem-vinda ou bem-ida
Maputo é fina, ô Vanina, ô Vanina
E Petrolina, ô Vanina
E a nossa Rio de Janeiro, tão bonita
Maravilhinda
Serei menino só pra ti, menina
Nina, nina, nina, nina
Às vezes eu te vejo tão felina
Linda Vanina, ô divina, ô divina
Olinda é linda, ô Vanina, ô Vanina
Diamantina, ô Vanina
E a minha limpa Duas Barras pequenina
É mais que linda
Luanda é linda, ô Vanina, ô Vanina
Também Cabinda, ô Vanina
E lá Dili, Timor Leste
Serás bem-vinda ou bem-ida
Maputo é fina, ô Vanina
E Petrolina
E a nossa Rio de Janeiro, tão bonita
Maravilhinda
Salve a mulatada brasileira. . .

edgardocavaco disse...

Esqueceram da raça amarela, o time do botafogo hehehe essa foi pro bebeto!!
"LUTE POR SEU DIREITO! DIGA SIM AS COTAS!"

EDGARDOCAVACO disse...

quem seria o comanche?

Estrela Solitária disse...

Respeitem o alvinegro!