quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Movimentos sociais ocupam sede da Petrobrás no Rio

17/12/2008

Mais de 500 pessoas acabam de ocupar a sede administrativa da Petrobrás, na Avenida Chile, Centro do Rio de Janeiro, na manhã desta quarta-feira (17/12). Os manifestantes exigem o cancelamento dos leilões, em especial, a 10ª Rodada de Licitações do Petróleo e Gás brasileiros, que a Agência Nacional de Petróleo (ANP) convocou para os dias 18 e 19 deste mês. A mudança da legislação que regula o setor de petróleo e gás, permitindo a privatização desses recursos minerais, é outra reivindicação da ocupação.

Os manifestantes solicitam a realização de uma reunião com o presidente da Petrobrás, José Sergio Gabrielli, para que possam debater o cancelamento do leilão marcado para começar amanhã. Para a Campanha Nacional pelo Petróleo o Governo Federeal deve manter o compromisso de destinar osrecursos do petróleo para suprir as necessidades básicas do povo brasileiro, como educação, saúde, reforma agrária e não destiná-los às multinacionais.

Serão ofertados na 10ª rodada 130 blocos exploratórios em terra, dividido em oito setores, de sete bacias sedimentares: Sergipe-Alagoas; Amazonas; Paraná; Potiguar; Parecis; Recôncavo e São Francisco. No total serão oferecidos aproximadamente 70 mil quilômetros quadrados em áreas paraexploração e produção de petróleo e gás natural. Atualmente, o Brasil é o país que dispõe da maior área sedimentar com potencial para petróleo e/ou gás ainda por explorar no mundo, segundo a própria ANP.

Os sindicatos de petroleiros também estão ingressando na Justiça com Ações Civis Públicas, cobrando a suspensão da 10ª Rodada de Licitações da ANP. Além das manifestações, está correndo um abaixo-assinado exigindo o fim dos leilões e a recuperação da Petrobrás 100% estatal.Participam também do protesto MST, MTD (Movimento dos Trabalhadores Desempregados), Sindicato dos Petroleiros do Rio, FNP, FUP, Via Campesina, CONLUTAS, INTERSINDICAL, UNE-FOE, Movimento Estudantil.

Fonte: sítio do MST

5 comentários:

MST/ Conlutas/SPR disse...

É isso aí, se querem vender nosso país, então o preço sairá caro, pois vamos fazer barulho e lutar até o fim!!!

Luciane Barbosa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luciane Barbosa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luciane Barbosa disse...

divulgar... por favor..

tempos de ácidos, ainda..

Cerca de 50 feridos e três pessoas detidas.

Esse é o saldo – até agora computado - deixado pela violenta reação da Polícia Militar do Rio de Janeiro e da Guarda Municipal, durante uma manifestação pacífica, por volta de meio dia, nesta quinta, 18, na Avenida Rio Branco, em protesto contra a 10ª Rodada de Licitação do Petróleo.

materials disse...

I will pass on your article introduced to my other friends, because really good!
wholesale jewelry