quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

LIGHT PATROCINA FESTIVAIS DE VERÃO DO INTERIOR DO RIO DE JANEIRO

Concessionária de energia apóia eventos que promove cultura das cidades de Engenheiro Paulo de Frontin, Miguel Pereira, Valença e Queimados

A Light contribui para o desenvolvimento da cultura no interior do Estado do Rio de Janeiro e patrocina quatro grandes eventos na região: o II Festival de Verão de Engenheiro Paulo de Frontin e as primeiras edições dos Festivais de Miguel Pereira, Valença e Queimados.

As festas ocorrerão simultaneamente, nos dias 13, 14, 19 e 20 de fevereiro, sempre com entrada franca.Além de apresentar shows de artistas nacionais consagrados como Pepeu Gomes, Moraes Moreira e Martnalia, os festivais também objetivam divulgar os aspectos e costumes, atrair o turismo e incrementar a cultura e a economia de Eng. Paulo de Frontin, Miguel Pereira, Valença e Queimados.

Para se ter uma idéia da importância dos eventos, a primeira edição do Festival de Verão de Paulo de Frontin, realizada em 2008, atraiu aproximadamente 10 mil pessoas. Neste ano, o evento ocorrerá no Espaço Ferrini, novo espaço cultural da cidade. Em Miguel Pereira e Valença, as festas acontecerão nas praças principais e, em Queimados, no Espaço Cultural Professor Joaquim de Castro.

Confira a programação dos shows em Valença

Rua Padre Gomes Leal, s/nº - Centro
Classificação Etária
Horário de Inicio dos Shows 24h

13 de Fevereiro
Via Show

14 de Fevereiro
Moraes Moreira

19 de Fevereiro
Banda Local

20 de Fevereiro
Martnalia

Com informação DAQUI

8 comentários:

Anônimo disse...

boa noite

onde fica essa rua em valença?

Samir Resende disse...

Enquanto a LIGHT patrocina esta quantidade de show, aqui no parque pentagna falta luz todo dia...

Anônimo disse...

acho que é a rua ao lado da catedral

Anônimo disse...

Ola,

ja começo a ver que o prefeito esta usando esse evento da light em favor proprio. dizendo q ele que foi o responsavel pelos shows no carnaval

o que vcs pensam a respeito?

um bjo

TURISTA APRENDIZ disse...

Concordo plenamente...

Uma coisa é esse Festival de Verão de Valença, um evento paraquedista produzido por uma empresa desconhecida na cidade com patrocínio incentivado da LIGHT.

Outra coisa é o carnaval do "Vale dos Tambores".

Já conhecemos esse modelo de indigestão cultural. Eventos e shows populares. Muito circo e pouca semente.

E as políticas públicas de cultura? Memória, preservação, identidade, fruição cultural, cidadania cultural, direitos culturais?

Onde estão as velhas e novas caras vivas da cultura valenciana que estão debaixo do tapete?

Urubuservando a situação...tem cheiro de passado no ar... e um tempo de triste lembrança.

Anônimo disse...

Carnaval Vale dos Tambores, pelo que imagino, deve ser inspirado na obra do músico Carlos Henrique Machado, pois a sua obra tem este título, "Vale dos Tambores", uma obra premiada e muito respeitada tanto no Brasil quanto no exterior. O músico, com essa obra, valoriza muito a cultura do Vale do Paraíba. O cara é muito sério e um lutador incansável.
Marcos Hubner

Anônimo disse...

gente!!!!
vcs postaram no blog, q os jovens estao indo p rio preto e assim, deixando valença no carnaval.
qual é o problema de termos um prefeito q ta arrumando td isso?
é melhor do que aquele nojo q acontece tds os anos... so cantores locais, esses pagodeiros em bando...
a gente so passa por isso pq nao tem grana p viajar no carnaval, se tivesse, dava uma banana pra essa gente desdentada q fica caindo com uma garrafa de pinga na mao
realmente, dinheiro é td... é o q move o mundo
o q o vq pensa a respeito?
aguardo postagem

Capilo disse...

Caro "Anônimo", a postagem faz referência ao Festival de Verão de Valença. Não tem nada dizendo que o pessoal vai pra Rio Preto. Não entendi o porque do questionamento.

Outra coisa difícil de entender é seu preconceito com os artistas da cidade. Insinuar que são nojentos, e que a população de Valença (pobre, que não tem dinheiro pra viajar, é desdentada e fica caindo de bêbado com uma garrafa de pinga é irritante).

abs.