segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Bebeto vota em Chico Lima 50 para prefeito de Valença



Quer saber por que eu voto no Chico Lima? Eu estou cansado de votar nulo! Eu voto no Chico Lima porque eu acredito que a possibilidade de mudança é real. Se nós ficarmos com as nossas vaidades de esquerda, nós não vamos construir porcaria nenhuma em Valença. Está na hora de construirmos uma candidatura de esquerda e Chico Lima representa esse nosso projeto de sociedade anti-capitalista.

Eu sou Bebeto e sou engenheiro. Faço parte do movimento Valença em Questão e voto Chico Lima 50: por que não?

22 comentários:

Leitores da ala rosa do Valença em Questão disse...

Barbudinho nervosinho.... Adoro

Anônimo disse...

Parabéns!

Mais especificamente para o vídeo produzido. Já algum tempo sinto que esse blog tem potencial para produzir um excelente material audiovisual para seus leitores.

Tomara que esse seja o primeiro de muitos. Pois o belo trabalho que vocês fazem pode ter um alcance maior ainda através de vídeos.

Saudações tricolores!

Professor Carlos Henrique Gonçalves disse...

Eu também voto Chico Lima, 50.

Marcella Motta disse...

Eu voto também no Chico Lima, 50!

Clarice Amorim de Gouveia disse...

Eu voto no chico lima com certeza. Vamos todos, é 50 na cabeça. Pessoal, que tal se a gente começar a colocar nosso apoio aqui nos comentários.

Jefferson Barbosa disse...

Então vamos lá, eu apóio a candidatura do Chico lima, 50.

Anônimo disse...

Será que a pequena burguesia elege?

Carolina Vieira disse...

Eu voto chico Lima, 50. Acredito que ele é o único candidato capaz de romper com essa cultura do toma lá da cá presente na nossa cidade.

Anônimo disse...

Está na hora de Valença mudar sua cultura política. Basta de mais do mesmo!

Jurandi disse...

Tamo junto e mistura, chico e wilson Pilão neles. Cinqueeeeeeenta.

Paulo Alves Siqueira - professor da rede estadual disse...

Diante desta eleição mais que tradicional onde você tem dois candidatos que representam os interesses de duas figuras de famílias que sempre estiveram no poder, é essencial uma candidatura como a do Chico Lima. Afinal, chegou a hora de romper as barreiras do tradicionalismo e Valença escolher um candidato que esteja voltado para o interesse do valenciano e não de um grupinho que sempre esteve no poder (mesmo que revezado-se nele)e sempre se apropriou do público para satisfazer seu interesse privado.

Vamos juntos nas urnas votar 50 pra prefeito de Valença e isso será a representação de um grito que diz: eu não aguento mais, eu quero que os interesses públicos prevaleçam em nossa cidade.

Danilinho Serafim disse...

Apoio fake não conta na urna não, hein rapaziada!

Anônimo disse...

haha...que inveja hein danilo

Anônimo disse...

O mais interessante é que inveja não fazia parte do vocabulário lá dos idos de 1800...da UNIÃO SOVIÉTICA...quem tinha inveja lá..ia pra SIBÉRIA...hahaha !!!
FAKE é vocabulo típico da internet, porém o FAKE sempre existiu no mundo real. O pior FAKE é aquele que diz (aliás só diz, só discursa) uma coisa e faz outra. A melhor arma é o voto. E evidentemente pessoas dignas com disposição para se candidatar.
PARABÉNS CHICO LIMA !!!

Anônimo disse...

Vocês irão ficar dando os parabéns e votando no 50 somente pela internet.
Valença é 11. Fernandinho Graça.

Anônimo disse...

Para o Danilinho:
Que feio cara,não vê que ninguem mais se soma a vc no blog. Isso não faz vc refletir sobre suas idéias! Ou pode ser pior vc ja percebeu que esta equivocado mas não admite não é?!

Edgar do Cavaco disse...

Eu apóio uma candidatura pautada na Cultura como elemento de transformação social, por isso apóio o ? ops nenhum dos candidatos tem um programa sobre cultura pra eu ler... é uma pena!!! Enquanto isso... Estou entre Alvaro, Chico e JB na TV

Samir Resende disse...

Edgar tocou num ponto crucial. To vendo muita manifestação em torno do Chico e da "luz" que eu não duvido que ele possa trazer nestas eleições, mas tá faltando proposta concreta.

Não acho que o Danilinho esteja com "inveja", aliás acho que estes tipos de ataque são ultramente desnecessários, ainda mais quando veem acorvadadas no anonimato. Lamentável quem aceitou estes comentários.

Vou votar no Chico e vou eventualmente pedir voto pra ele, muito pela minha profissão de fé ao centralismo democrático. Mas gostaria mesmo é que este momento sirva pra tornar o PSOL pelo menos um pouco orgânico, a começar pela filiação e militância de muito destes que eu to vendo declarar apoio ao Chico, pois só com organicidade vamos conseguir fazer um programa realmente plural e classista.

E outra coisa, gostaria muito de ver empenho desta militãncia que anda postando aqui em relação a outras candidaturas do PSOL, que não só a do Freixo, pois se não reforça ainda mais o carater personalista que muito de nossos adversários adotam. Até por que a candidatura do Plinio de Arruda tem um programa claro e definido: reforma agrária, redução da jornada e reforma urbana (entre outros que podem ser acessados em: http://www.plinio50.com.br/programa-de-governo-psol-plinio-de-arruda-sampaio.html)

Anônimo disse...

O anonimato, as vezes serve de proteção. Principalmente num momento politico como este. Valença esta, neste momento, sem identidade politica. Isto é claro. Desta forma, muitos, como talvez eu, estejam buscando alguma saída. Mesmo assim, declaro o meu apoio ANÔNIMO ao Chico Lima.
Termino concordando com o Fernando Pessoa...o Samir tira voto.

Samir Resende disse...

Pois é anônimo, foi o que eu disse:

Quando não se tem argumentos, ataca-se o debatedor.

Carlos Henrique disse...

Samir, não liga pra esses invejosos, não. deixa dizer o que quiser, mas uma coisa jamais poderão dizer, você sempre se posicionou em momentos críticos da nossa cidade, e, agora, não foi diferente. Deixou claro seu posicionamento na eleição, vota no Chico Lima, 50.

Embora discorde do Danilinho (pois eu tô contigo, Samir), acho importante que ele também não tenha deixado de se posicionar.

E parabéns ao Valença em Questão, que mais uma vez mostrou que política se faz no debate, no conflito e, com isso, provou pra todo mundo que a ideia de identidade na diferença não é só discurso, mas se faz na prática.

Odorico Paraguaçu disse...

Caros eleitores Valencianos!
Toda unanimidade é burra!