quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Profissionais da Educação vão em grande número à Câmara de Vereadores de Valença

Segue abaixo depoimento feito no blog do VQ pela professora Ana Paula.

Ontem [01/09] cerca de 200 profissionais da educação ocuparam a Câmara de Vereadores. Com isso, a direção do Sepe usou a tribuna na marra. O dirigente Danilo Serafim, durante cerca de duas horas debateu e colocou os vereadores Naldo, Dodo, Felipe Farias, Pedro Graça no seu devido lugar. No final ainda fez aprovar uma auditoria no PREVI-VALENÇA. Isso sim é sindicato. Que mobiliza centenas... e tenho orgulho de ser filiada a ele. Viva o SEPE!

Ana Paula- professora da rede municipal

5 comentários:

Anônimo disse...

Pelo que vi, ouvi e perguntei, o prisma foi outro. Primeiro, OCUPARAM a Câmara ?? Ou SE MOBILIZARAM DEMOCRATICAMENTE ?? OCUPAR não me parece a palavra certa, pois afinal de contas, as portas de lá estão abertas, em todas as Sessões. Segundo, não foi na marra, pois à tarde foi entregue um Ofício do SEPE solicitando o uso da Tribuna, procedimento comum a todos. Perguntei (aliás perguntar é sempre bom) e o Ofício esta protocolado na Câmara. Terceiro, pelo que vi via internet, no site www.cmvalenca.rj.gov.br,que transmite as Sessões ao vivo, e posteriormente disponibiliza o vídeo (portanto pode ser revisto), foi aberto um precedente diante do Regimento Interno para a utilização da Tribuna no mesmo dia, concessão feita também ao representante do PREVI-VALENÇA, contraponto necessário, pois se ouvimos apenas um lado, somos DITADORES e não DEMOCRATAS.
Por fim, creio que PRECISAMOS buscar direitos e soluções. De que forma ? Exercendo nossas garantias INDIVIDUAIS. Descobrindo como funciona as Instituições. Vamos começar ? Que tal cada um fazer uma visita até a PREVI-VALENÇA ? Perguntar ? É um direito que não esta sendo exercido. Aliás, acho até que o atendimento deve ser melhor que o INSS, pelo fato de que tem menos contribuintes e portanto pode oferecer um esclarecimento mais atencioso.

Bebeto disse...

Caro anônimo, concordo com você. Ocupar não é a palavra para essa situação.

Tentei colocar algo mais adequado.

Saudações alvinegras, Bebeto.

Anônimo disse...

o nome do sepe agora corre em boca de matilde??????????????????????/

Danilinho Serafim disse...

Pra quem não sabe o que é o luta, claro que ocupar não é a palavra mais adequada. Pra quem não entende a luta é só um verbete incômodo e não uma ação política, e nesse caso, revolucionária.

É ocupação sim, de um espaço onde só existe o pensamento da ordem. É ocupar um espaço reacionário da burguesia com luta revolucionária. É ocupar de trabalhadores e trabalhadoras um espaço que foi concebido para a manutenção e a reprodução da exploração e mostrar a essa instituição, e àqueles que a estão representando, que tem uma classe dispota a fazer luta de classes e a enfrentar os poderosos. Sem precisar de uma candidatura pra isso.

Isso é ocupação, e foi isso que aconteceu! Os coupantes devem se sentir orgulhosos do ato político que significa uma ocupação. Parabéns aos ocupantes!
Sinta-se orgulhosa mesmo, Ana Paula.

Anônimo disse...

É isso mesmo Danilinho. Não sou do SEPE, não sou da categoria, mas concordo contigo. E temos que fazer sempre o que vocês fizeram. Não podemos continuar a mercê desta, como se diz "a camâra encantada de Valença". Os bonecos lá são muitos, mas teem que aprender que estam lá, porque quem está aqui de fora os colocou naquele lugar. A tribuna deve ser aberta sempre que solicitada. Chega de sermos fantoches nas mãos destes politicos. O nosso atual legislativo conseguiu ser "pior" que o anterior. Não sei se ainda há esperança para Valença. Aqui tudo parece um circo: os palhaços que fazem as crianças sorrirem, fazendo suas gracinhas no picandeiro, estão serelepes pela cidade e a plateia, muitos desinformados ainda os salvam como "os milagreiros". Chega gente, vamos dar um basta nesta cambada. Vamos apoiar sindicatos sérios, como o SEPE, onde existem pessoas que pensam num todo e não somente no individualismo burguês. Aquele abraço amigos! SEPE, sempre adiante, caminhe e faça valer a voz de que confia em vocês. Abraços,