domingo, 2 de dezembro de 2007

Show de suspeitas em Valença**

Câmara pede ao SBT vídeo em que cantor teria denunciado proposta de superfaturamento

Ricardo Villa Verde

Rio - Suposta declaração do cantor Leonardo no programa da Hebe Camargo, no SBT, em setembro, virou motivo de disputa política em Valença, Sul Fluminense. A Câmara de Vereadores da cidade ameaça entrar na Justiça para obter cópia do programa, no qual Leonardo teria denunciado ter recebido e recusado proposta de superfaturar show contratado pela prefeitura.

“Queremos saber se a informação é verdadeira”, disse o presidente da Câmara, Lorenço Capobianco (PPS). Segundo ele, as denúncias são de que o cantor teria dito no programa que estava negociando o show com a prefeitura por R$ 80 mil e teria recebido proposta de apresentar nota com valor maior, superfaturado.



O procurador do município, Adolpho Bezerra de Medeiros Júnior, nega a acusação, garantindo que a prefeitura nunca contratou o cantor. A assessoria de Leonardo não confirmou — mas também não negou — que ele tenha feito a declaração. Informou apenas que solicitou à produtora da Hebe cópia da fita para o cantor rever suas declarações no programa.

Em Valença o assunto virou munição para opositores do prefeito Antônio Fábio Vieira (PP). “É mais um fato de vergonha para a cidade”, critica o vereador Luis Mario Machado (sem partido).

O prefeito vem enfrentando outras denúncias de irregularidades em seu governo. Sexta-feira, oficiais de Justiça estiveram na prefeitura apreendendo documentos a pedido do Ministério Público (MP). O órgão entrou com medida cautelar pedindo busca e apreensão de processos de compras e contratações de serviços feitas pela administração municipal, para investigar suspeitas de pagamentos por notas frias.

O procurador do município, Adolpho Bezerra, nega também essas acusações. Ela disse que o prefeito abriu sindicância interna para também apurar o caso. “Se ficar comprovada participação de servidores municipais, eles serão punidos com rigor”, disse o procurador.

Empresário diz que fez notas frias

As investigações do MP começaram a partir de denúncias do empresário Alexandre Figueira, na qual ele admite ter recebido pagamentos da Prefeitura de Valença por serviços de sonorização, “através de esquema montado para burlar o processo licitatório”. Na denúncia, ele diz ter recebido por locação de ônibus, sem nunca ter prestado o serviço. O empresário também admitiu ter emitido notas frias de sua empresa para pagamentos efetuados pela Secretaria de Saúde.

O dossiê com as denúncias foi enviado também à Câmara. Quinta-feira, porém, por 4 a 3, os vereadores rejeitaram abertura de investigações sobre o caso. “Só nos resta acompanhar as investigações do MP”, lamentou o presidente da Casa, Lorenço Capobianco (PPS), que apoiava a idéia.

** Retirado do sítio do jornal O DIA em 02/12/2007: http://odia.terra.com.br/brasil/htm/show_de_suspeitas_em_valenca_138102.asp

8 comentários:

Comanche disse...

O tiranossaurus REX
Mandou avisar
Que prá acabar
Com a malandragem
Tem que prender
E comer todos os otários...

edgardocavaco disse...

Qual musica do bezerra da silva tem mais a ver com a nossa cidade?
1)"Pega eu, pega eu que sou ladrão"
2)"Sequestraram minha sogra"
3)"!Vou apertar mas não vou acender agora"
ENQUETE!

Comanche disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Comanche disse...

Mais opções para a enquete do edocavaco, todas musicas do grande bezerra:

4)Canalha
5)Candidato Caô Caô
6)É ladrão que nao acaba mais
7)Presidente cara de pau

fica ate dificil escolher uma so...rs

Estrela Solitária disse...

Bom,

Ontem (06/12) conversei com o pessoal do Jornal Local e eles enviarão pra gente do VQ um material sobre essa questão, com os documentos referentes às denúncias e investigações do MP.

Essa matéria sairá no VQ 26.

Valeu

Samir Resende disse...

Participei da entrevista coletiva do prefeito, no quarta, 5/10.

Ele e seus advogados refutam as acusasões; estão indignados com as fofocas; tipo a do Show do Leonardo, e cobram do judiciário a sua manifestação.

Esqueci de perguntar sobre a tal "OSCIP".

Agora é com a justiça, até por que a câmara já disse que não é com ela.

Anônimo disse...

Esqueceu de perguntar? huahua

o cara vive reclamando das coisas e qnd tem oportunidade de fazer bons questionamentos perante ao poder publico ele "esquece"...hahahaha

essa amnesia ta com cara é de outra coisa

Anônimo disse...

Aposto que foi o Gaystavo que postou este anônimo.