quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

A guerra é mais uma farsa das farsas de todos os dias

Pelo noticiário da TV e do jornal fala-se sobre a guerra na faixa de Gaza. Diante disso, primeiramente, me sinto surpreso com a forma com que apresentam esta notícia, pois se fala em guerra quando na verdade o que ocorre na faixa de Gaza é um massacre do povo palestino.

Ao refletir sobre este massacre noto a ironia da história, afinal, o Estado de Israel que foi criado exatamente para assegurar que o povo judeu não sofresse novamente uma tentativa de dizimação é o mesmo que, agora, tenta dizimar um outro povo, o povo palestino. Porque é claro que jogar bombas indiscriminadamente sobre o território palestino não tem outro intuito a não ser dizimar o povo que lá se encontra.

A história é realmente irônica e se repete, mas se repete como farsa - como diz Marx. Na verdade, parece que o grande problema destes conflitos no Oriente Médio é exatamente esta farsa. A farsa de uma comunidade internacional que se diz imparcial e finge ser possível resolver os conflitos sem mexer nos interesses do país ao qual protege; farsa de uma ONU que se apresenta como instituição que visa submeter os países a uma ordem internacional, mas não passa de uma instituição de assistência social que visa resolver paliativamente os conflitos, os quais são gerados pelos próprios países que a financiam. Quanta farsa!

A farsa envolvida nestes conflitos não é diferente da farsa de conflitos menores, os quais estamos diretamente relacionados. Pois a farsa é um instrumento essencial utilizado por nós para nos permitir enfrentarmos a nós mesmos sem corrermos o risco de nos apavorarmos com o que vemos. Mas este instrumento utilizado por nós não contava com a ironia da história. Bendito seja a ironia da história, que faz com que a farsa não nos esconda de nós mesmos.
Foto: Nesreen Hash'hash, palestina, foi atingida por uma bala de borracha na boca. Crédito: Nasser Shiyoukhi/AP

11 comentários:

Carlos Henrique disse...

O que está havendo lá é um absurdo. a ONU não está a muito tempo sendo capaz (se é que foi algum dia) de cumprir suas funções. Podemos citar os últimos casos recentes, como iraque e líbano. Até quando?

soninha 21 disse...

É incrível observar o fato de que diante de uma crise financeira o presidente eleito dos EUA logo exigiu medidas e convocou secretários para atuar junto ao governo atual, mas diante da crise humanitária em Gaza se antém calado. Odeio ter que concordar com o líder do Hamas, mas quando ele diz que obama começou mal é impossível não concordar com isso.

Umberto disse...

É soninha 21, Obama está calado diante da crise humanitária. Hoje ele voltou do havaí e fez declarações somente relacionadas a crise financeira. Deve estar querendo primeiramente arrumar a casa. Devemos esperar um pouco. Não vamos nos precipitar. Mas devemos ficar atento ao que Raúl Castro disse hoje: "Obama é um homem honesto, mas não devemos depositar esperança excessiva nele".

Fael disse...

O partido democrata declarou total apoio a ofensiva terrestre israelense. Provavelmente o presidente eleito dos EUA, Obama, também deve estar apoiando tudo isso.

Ou será que ele não tem peito pra dar uma declaração contra este massacre? Independentemente, o fato é que ele não tem peito nem pra apresentar seu posicionamento diante desta crise humanitária.

Desculpe soninha 21, mas eu não aceito que ele não dê nenhuma declaração sobre o fato porque ele está querendo arrumar a casa, pois, quando aconteceu o atentado na Índia, ele foi um dos primeiros políticos a repudiar o ataque.

soninha 21 disse...

Fael, foi o Umberto que disse que ele tava querendo arrumar a casa primeiro. eu concordo com vc, isso não é justificativa.

Vitória disse...

é mesmo revoltante ver que o mundo não se importa com a vida dessas pessoas. eu aqui em valença fico me sentindo impotente com a situação, por não ter condições de acabar com a situação, e pessoas que teriam condições, ao contrário, inflamam mais a violência. um absurdo completo

Umberto disse...

Obama declara hoje à tarde que não irá fazer nenhuma declaração sobre a política externa americana porque não pode existir duas vozes. Bem, se são duas vozes, isso significa que ele não está concordando com o que o governo atual está falando.

Resta esperar dia 20 para ouvir esta outra voz da qual tanto fala.

OBS: Obama deve estar torcendo para a guerra acabar para que não tenha que apresentar seu posicionamento, pois qualquer que seja este, ele será esculachado. Espero que ele prefira ser esculachado por estes que estão apoiando este massacre.

Fael disse...

A todos que moram no rio ou que estarão no rio no próximo dia 8, quinta-feira. Ato Público em defesa da palestina, concentração na cinelândia a apartir das 15:00 h.

Compareçam.

Anônimo disse...

Carlos Henrique e o que está havendo aqui em Valença em relação ao pagamento e as condições de trabalho e respeitabilidade em relação aos funcionários públicos!
Soninha porque diante de uma crise humanitária aqui em nossa cidade ninguém faz nada em relação as condições de trabalho e pagamento dos funcionários acima citados.
mberto de arrumar por arrumar a casa é que Valença está nesse completo lodação. Enquanto famílias com sobrenome importante mandar e desmandar, Valença em si não tem vez.
Porque fael a elite e a midia valenciana não se manifesta em relação a está situação, sitação que por anos vêm nos sendo imposta.
Vitória e quem está se importando com a vida dos funcionários da Prefeitura Municipal de Valença. Realmente é um absurdo ver todos a comentar sobre este fato e se esquecer que têm muito funcionário da Prefeitura passando necessidades básica dentro de casa.
Olha Humberto se está lenga, lenga continuar até o dia 20 e nada acontecer acho que vai ter muito pai de família que é funcvionário pedindo esmola talvez na porta da minha e da sua casa. Olha fael dia 08 é amanhã e seria de extraordinária importância se este manifesto se virasse em relação a situação dos funcionário públicos municipais de Valença. Acho que nós estamos hoje, mais do que nunca nos importando com a guerra dos outros e ainda não nós demos conta de que Valença é com certeza a cidade mais atrasada e mal remunerada do Sul do Estado. Enquanto famílias inteiras com sobrenomes bacanas estiverem no comando continuará havendo esteas injustiças e desmandos.
A Voz que não quer calar.

Capilo disse...

caro anônimo, uma coisa não impede a outra. o caso na faixa de gaza é ainda pior do que o que os funcionários públicos de valença estão passando, isso é fato.

quando você diz que a manifestação deveria ser em valença, para isso é preciso que pessoas de valença, funcionários públicos e pessoas comuns se mobilizem. infelizmente não adianta você, eu, fael, vitória, umberto, carlos e soninha nos mobilizarmos.

acho sua luta muito válida e estamos aqui para apoiar essa causa, pode ter certeza. inclusive, caso queira escrever um texto - mesmo anonimamente - podemos publicar aquino blog. envie pra nós - valencaemquestao@yahoo.com.br.

abs.

intelligence disse...

You these things, I have read twice, for me, this is a relatively rare phenomenon!
handmade jewelry