terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Polícia Federal intima Graciosa e mais dois do TCE/RJ para depor sobre escândalo de desvio de recursos em prefeituras do interior



A Polícia Federal intimou três conselheiros do Tribunal de Contas do Rio (TCE-RJ) para depor no inquérito da Operação Pasárgada, que investiga o envolvimento de autoridades em desvios de recursos de prefeituras de Minas e do Rio. Foram convocados José Gomes Graciosa, ex-presidente do órgão, José Leite Nader e Jonas Lopes de Carvalho Júnior. O delegado Mário Alexandre Veloso convidou os conselheiros para depor após analisar documentos apreendidos na sede da SIM, consultoria acusada de montar o esquema de fraudes para beneficiar prefeitos em apuros financeiros.

Entre os papéis apreendidos está uma carta de Álvaro Lopes, ex-secretário municipal de Planejamento de Carapebus, em que ele detalha o pagamento de propinas que a SIM deveria fazer a cinco conselheiros do tribunal, em 2003 e 2004. O pagamento teria como objetivo a aprovação de contas de prefeituras que haviam feito despesas sem a devida comprovação legal. Com base na carta e em outras informações, a PF convocou os três conselheiros e considerou insuficientes os indícios contra outros dois.

Graciosa e Jonas Lopes deverão prestar depoimento esta semana, em Brasília. O inquérito foi aberto pela PF em Belo Horizonte, mas, hoje, por conta das investigações relacionadas aos conselheiros, está a cargo do ministro Paulo Gallotti, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Num despacho do fim do ano passado, Gallotti autorizou Mário Alexandre a interrogar os conselheiros. Lopes e Graciosa negaram qualquer vínculo com as supostas fraudes da SIM. Leia mais em O Globo
Fonte: Blog do Noblat

8 comentários:

Samir Resende disse...

Nota do autor:

A foto que ilustra esta matéria foi escolhida aleatoriamente num banco de dados, sendo que qualquer semelhança com a realidade é fruto do acaso ou simplesmente mera coincidência.

Sanger/Regnas disse...

Ainda existe luz no fim do túnel!!
Começamos bem a terça feira!!!

Anônimo disse...

O acaso foi preciso desta vez.

Leandro Ferreira de Carvalho disse...

Amigos,

Gostaria do contato de vocês de Valença para trocar informações sobre um dos membros do TCE que vocês conhecem bem...

leandrofcarvalho@click21.com.br

Abraços...

Anônimo disse...

Prezado Amigo

Por que não procura pessoalmente o próprio membro do TCE no qual o Senhor tem interesse.Aquela casa é Pública e eles são pagos com o nosso dinheiro.
Nós Valencianos ficariamos muito orgulhosos desta atitude de garra e coragem tomada por um cidadão vindo da terra de Coronel Jurandir.

Anônimo disse...

Para quem não sabe: A empresa EMISSÃO, fantasia Águas de Valença, é "parceira da Cedae" em vários municípios. E também será aqui em Valença. Todos felizes, todos satisfeitos.

Carolina disse...

Por falar em CEDAE, a Maria Lúcia (aogra ex-presindente do CONCIDADE) enviou hoje uma carta de renúncia para a reunião do Concidade e licença de 90 dias como conselheira deste conselho. Lembrando que ela foi uma daquelas que defendia a proposta do plano diretor e fez campanha pelo atual prefeito afirmando que este iria cumpri-lo no que diz respeito aos serviços de água e esgoto de Valença.

Será que ela renunciou também à sua posição sobre esta questão?

Anônimo disse...

So agora vcs perceberam qual era o interesse por tras daquelas manifestações contra as aguas de valença, que por sinal as manifestação eram bancadas pelo antigo dono da cia da agua.

agora cada o pessoal do conselho para exigir audiencias publicas sobre a opiniao da populaçao sobre a CEDAE assumir nossa agua?

Nada como o tempo para desmascaram esse pessoal que so criticava a situaçao da agua de valença com interesse politico eleitoreiro