quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Sobre a falta de opção

Todos nós sabemos que são poucas as opções de lazer e cultura em Valença. A segunda ainda mais rara do que a primeira. Essa questão sim merece uma boa discussão aqui no blog. Mas lugar pra beber cerveja é o que não falta em Valença. Vamos combinar.

Claro que podiam existir mais opções de lazer como boates, barzinhos, espaços para shows, etc. Mas lugar pra beber, esse ato de sentar (eu gosto de beber sentada), encher um copo com cerveja gelada e jogar papo fora com amigos, isso Valença tem. Posso até listar algumas opções: fui a um estabelecimento na cidade, que não tinha frequentado ainda, e achei uma boa opção para um sábado à noite. Chopp, cerveja, pestiscos e, acreditem, música boa ao vivo (música, no meu ponto de vista, faz toda a diferença). Vou citar ainda uma outra opção: o velho e bom (reformado e ampliado) Bar da Manteiga. Só pra falar de 2 lugares , um recente e outro tradicional, para se beber uma cerveja honesta.

Bom, já descobrimos que existem no mínimo duas opções de lugar para se beber na cidade. E espaço para beber cerveja não é a única função que o posto de gasolina está ocupando? Sem lugar pra sentar e com uma música que, se existir, é aquela imposta por donos de carros com a aparelhagem de som mais cara do que o próprio veículo que estão ali para se exibir, o posto tem ainda um sério agravante que é colocar a vida de pessoas em risco.

Acho seríssimo que as autoridades, polícia, bombeiros, prefeitura assistam a isso sem sentir uma pontada de incomodo. Por que eu me sinto no mínimo incomodada com a cena das bombas de gasolina servindo de apoio para cervejas e outras bebidas alcóolicas.

Será que as pessoas que frequentam o lugar não percebem que não estão tirando onda bebendo suas cervejas com redbull sobre as bombas de gasolina, mas colocando em risco suas próprias vidas e o pior: de pessoas que nada tem a ver com isso, que são os vizinhos.

O que quero dizer é que beber cerveja em pé as pessoas podem fazer em qualquer lugar, inclusive num lugar minimamente seguro, como um espaço tradicionalmente conhecido como bar, boteco para os íntimos, pé-sujos para os mais íntimos ainda (que existem alguns muito bons por Valença por sinal). Ou será que as pessoas estão tão desesperadas com a falta de opção na cidade que andam com instintos suicidas?

5 comentários:

Anônimo disse...

Gostaria de fazer so uma pergunta:

Estou vendo varios comentarios sobre o perigo de se beber no posto de gasolina.

Mas por que o blog nao toma alguma atitude mais concreta, e ao inves de so ficar fazendo a critica pela internet, não busca explicações das autoridades, como por exemplo da policia militar, do corpo de bombeiros, da prefeitura?

Acho que essa atitude seria mais produtiva, não concordam?





ps: esse meu comentario tem o intiudo de dar uma sugestao, jamais criticar essa denuncia que voces estao fazendo.

Anônimo disse...

Realmente Letícia, não tem como discordar de você, mesmo frequentando o "Posto", rs. Mas o problema é que todos estão lá, então se você quer encontrar os amigos ou até mesmo só ver pessoas o lugar é lá... Seria tão bom se as pessoas se reunissem em outro lugar...Mas acho também que o anônimo aí de cima está certo,em termos, não acho que só vocês do blog têm que tomar uma iniciativa não, todos temos que tomar essa tal iniciativa com as autoridades competentes...Valença precisa de mais lugares sim, não para "beber uma cervejinha com os amigos",isso temos aos montes, mas lugares LEGAIS para "beber uma cervejinha com os amigos"

Se precisarem de ajuda... É só chamar!

Letícia disse...

Anônimo,

Obrigada pelo comentário.

A meu ver, a função do blog, ou de um jornal, ou de qualquer outro meio de comunicação é informar, divulgar, denunciar. Denunciar, nós fizemos, tirando fotos e comentando aqui no blog.

A intenção com isso é chamar a atenção de quem responsável for para esta prática tão perigosa. Também chamar a atenção dos leitores e possíveis frequentadores do local. E dessa, forma contribuir para que concretamente a solução deste problema seja encontrada.

Acho que essa já é a contribuição que o blog, como mais um meio de comunicação pode fazer.

As pessoas estão sempre cobrando do blog posturas mais concretas, como se colocar em pauta determinadas discussões não significasse muito. Concordo que medidas mais concretas seriam ótimas, mas não acho que o blog deva ser cobrado por isso. A função dele é informar, divulgar, denunciar, debater.

Não sei se me fiz clara, mas o que quero diser é que, como veiculo de comunicação, o blog cumpriu a sua função sobre o assunto. Como cidadã, vc pode me cobrar uma postura mais concreta. Mas aí, todos nós, inclusive vc, podemos fazer alguma coisa mais concreta do que só ficar falando.

Quais seriam essas ações? Estou aberta a sugestões.

Anônimo disse...

Leticia, boa tarde!

Eu não fiz uma cobrança ao blog, eu quis dar uma sugestao, e nao foi somente a voce mas a todos que estao debatendo o assunto.

Agora sobre a função do blog, ou de um jornal, ou de qualquer outro meio de comunicação é informar, divulgar, denunciar. Sim eu concordo plenamente! E quando eu vejo um jornal de grande circulação ou a televisao informando, divulgando ou denunciando algo, eles procuram tambem ouvir a opiniao dos responsaveis pelo assunto, ate para saber o porque não foram tomadas tal atitudes, voce nao concorda?

Um exemplo: Uma barreira cai na estrada.
A funçao dos meios de comunicação é informar as pessoas dessa queda e ir atras dos responsaveis buscar explicações para o ocorrido e saber quando o problemavai ser solucionado.

Era esse meu intutito, de dizer que o blog pode ir mais alem do que somente fazer a denuncia, porque eu sinceramente acho que as autoridades não tem acesso a esse veiculo. E se eles nao forem cobrados tenho certeza que vao continuar sentados sem fazer nada.

e mais uma vez eu digo que nao sou contra a denuncia, so quis sugerir que voces descem o proximo passo.

um abraço

Aquele que sabe quem é o anônimo disse...

Devo concordar com o "anônimo", quanto ao fato de que um aprofundamento da questão (através de entrevistas com as autoridades competentes, o responsável pelo estabelecimento e o reponsável pelo posto, além de alguns frequentadores)é também função que pode ser cumprida pelos meios de comunicação (portanto, por este blog).

O problema é encontrarmos pernas aqui em Valença para fazer isso (já lhe falei um pouco sobre isso outro dia, lembra "anônimo"?). Mas de qualquer forma sua sugestão nos é muito válida; mas neste final de ano, confesso, dificilmente os membros deste blog conseguirá tornar sua sugestão algo concreto.

De qualquer maneira, obrigado pela sugestão e não deixe de continuar sugerindo (se puder contribuir para a comcretização de sua sugestão, melhor ainda).

Abraços cordiais.